Vasco 0 x 1 Palmeiras – 25/11/2018

Deyverson fez o gol da vitória que deu o título brasileiro ao Palmeiras. Foto: Ricardo Moraes/Reuters – 25.11.2018

CAMPEÃO!

É DECA CAMPEÃO BRASILEIRO!

Chegou o esperado dia e a taça do Brasileirão 2018 irá para a sala de troféus Palestrina.

Com razoável vantagem na ponta da tabela entramos em campo precisando de apenas um tropeço Flamenguista para nos sagrar campeões até mesmo com derrota.

Sem dar bola para a partida de MG fomos pra cima buscando a vitória que nos daria o título.

O primeiro tempo foi equilibrado. O Vasco, jogando para se salvar da degola, se defendia muito bem e não conseguíamos furar o bloqueio.

Na segunda etapa o panorama se manteve, contudo, numa jogada bem trabalhada entre Dudu, William e Deyverson veio o gol e o grito de CAMPEÃO.

Jogo válido pela 37ª rodada do Brasileirão 2018.

Os jogadores da SE Palmeiras, comemoram a conquista do Campeonato Brasileiro, após jogo contra a equipe do CR Vasco da Gama, durante partida valida pela trigésima sétima rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, no Estádio São Januário. Foto: Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

 

Jogadores fazendo festa após conquistar o título de Campeão Brasileiro Palmeiras X Vasco da Gama,pelo campeonato brasileiro,em Sao Januario,RJ 24/11/2018 Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

FICHA TÉCNICA

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 25/11/2018, domingo
Horário: 17h00 (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Público: 21.066 pagantes
Renda: R$ 596.810,00
Cartões amarelos: Desábato, Castan e Andrey (VAS); Felipe Melo, Bruno Henrique, Gomez, Deyverson e Jean (PAL)
Cartão vermelho: Pikachu (VAS)
Gol: Deyverson, aos 27 minutos do segundo tempo

Vasco: Fernando Miguel; Luiz Gustavo, Werley, Leandro Castan e Henrique (Willian Maranhão); Desábato (Raul), Andrey, Yago Pikachu e Thiago Galhardo; Kelvin (Marrony) e Maxi López
Técnico: Alberto Valentim

Palmeiras: Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gomez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Lucas Lima (Gustavo Scarpa); Willian (Jean); Dudu e Borja (Deyverson)
Técnico: Felipão

Palmeiras vence o Vasco, é campeão e conquista o Deca do Brasileiro

Francisco De Laurentiis, do Rio de Janeiro (RJ)

O Palmeiras é Decacampeão do Campeonato Brasileiro!

Neste domingo, o time comandado por Luiz Felipe Scolari venceu o Vasco por 1 a 0, em São Januário, pela 37ª rodada, e conquistou o título antes mesmo da última partida do torneio.

O técnico, aliás, tem que ser exaltado mais uma vez. Afinal, ele fez a mudança que decidiu o duelo, aos 15 minutos da segunda etapa: tirou Borja e colocou Deyverson. O grandalhão entrou bem demais, e, aos 22 minutos, aproveitou ótima jogada de Dudu e Willian para anotar seu 9º gol no Brasileirão, escrevendo seu nome na história do Palmeiras.

Com o resultado, o Verdão foi a 77 pontos e já não pode mais ser alcançado pelo Flamengo, que ganhou do Cruzeiro por 2 a 0 neste domingo, e chegou a 72. Como restam apenas mais 3 pontos em disputa, a equipe do Palestra Itália é campeã nacional.

Esse é também o 2º título de Felipão no Brasileiro, já que ele levantou o troféu em 1996, com o Grêmio.

Na última rodada, o Palmeiras recebe a taça após a partida contra o Vitória, domingo, às 17h (de Brasília), no Allianz Parque.

Já o Vasco segue com 42 pontos e espera os outros resultados da rodada para saber se visita o Ceará no próximo domingo com chances ou não de ser rebaixado.

O JOGO

Mesmo jogando na casa do adversário e com presença maciça da torcida vascaína em São Januário, o Palmeiras começou a partida melhor, dominando a posse de bola e tentando jogadas com os atacantes Dudu, Willian e Borja.

Em um rápido contra-ataque, porém, os donos da casa criaram a primeira grande chance do jogo. Aos 10, Thiago Galhardo avançou com liberdade por um corredor no meio e disparou uma bomba, exigindo boa defesa de Weverton.

O goleiro alviverde teve que trabalhar novamente aos 14, em mais uma boa trama do ataque carioca. Dessa vez, Yago Pikachu recebeu pela direita e tentou chute no canto, mas o arqueiro palestrino fechou com a perna e salvou.

O Vasco seguiu melhor e teve mais uma grande oportunidade aos 19. Após cobrança de escanteio, a bola quicou na área e sobrou limpa para chute do volante Andrey. No entanto, o prata-da-casa não pegou bem e mandou para fora.

Aos 25, o tempo fechou num lance entre o atacante Kelvin, do Vasco, e o volante Felipe Melo, do Palmeiras. Durante discussão, o Pitbull alegou ter levado uma cabeçada, mas o árbitro Rafael Traci viu simulação e deu amarelo ao meio-campista.

Depois disso, porém, as chances rarearam. O Verdão tentava na base de cruzamentos, mas a zaga cruz-maltina cortava todos. E nas descidas vascaínas, os zagueiros Luan e Gustavo Gómez faziam bom trabalho para evitar finalizações.

Só aos 42 minutos houve novo momento de emoção. Após sofrer falta na esquerda da grande área, Dudu tentou surpreender Fernando Miguel e bateu direto ao invés de cruzar. A bola passou raspando a forquilha do goleiro e saiu.

Logo em seguida, foi a vez de Bruno Henrique assustar a torcida carioca. O volante bateu colocado, buscando o canto de Fernando Miguel, mas ela saiu roçando a trave e não entrou, fechando o primeiro tempo em 0 a 0.

Na segunda etapa, o primeiro bom lance foi do Palmeiras. Em descida pela direita, Mayke cruzou e achou Dudu, que tentou bater de primeira, mas mandou para fora.

Para tentar pressionar e buscar a esperada vitória em São Januário, Luiz Felipe Scolari fez sua alteração tradicional aos 15 minutos: tirou Borja e colocou Deyverson.

O grandalhão entrou bem e passou a participar da criaçãod e vários lances de ataque. Num deles, aos 22, ele achou Dudu, que ajeitou para Bruno Henrique chegar batendo, para defesa de Fernando Miguel.

Ainda insatisfeito com a produção ofensiva, Felipão fez nova troca, tirando Lucas Lima e colocando Gustavo Scarpa.

Era o toque que faltava para o Verdão abriu o placar: aos 22 minutos, Dudu deu belo lançamento por cima, Willian ajeitou e Deyverson, sempre ele, só cutucou para as redes, marcando seu 9º gol no Brasileirão – o mais importante até agora.

Depois de anotar seu gol, o Palmeiras se fechou na defesa com a entrada de Jean no lugar de Willian e só segurou o resultado para comemorar a conquista nacional na casa vascaína.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.