Sport 0 x 1 Palmeiras – 23/09/2018

44824144082_d5ddf36c53_o
Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Com o tropeço dos líderes (ambos empataram) entramos em campo com a possibilidade de assumir o segundo lugar na tabela caso vencêssemos.

O primeiro tempo foi sonolento e parecia que nosso mistão não queria aproveitar a chance que a rodada nos oferecia.

Voltamos ligados na segunda etapa e até os 10′ tivemos pelo menos 2 chances claras. O Sport equilibrou as ações, mas aos 35′ marcamos o gol da vitória. Mais 3 pontos na conta que nos mantém na projeção para o Deca.

Jogo válido pela 26ª rodada do Brasileirão 2018.

FICHA TÉCNICA

Local: Ilha do Retiro, Recife (PE)
Data: 23/09/2018, domingo
Horário: 18h00 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e Luiz Renesto (PR)
Público: –
Renda: –
Cartões amarelos: Ronaldo Alves e Jair (SPO); Luan e Felipe Melo (PAL)
Gol: Willian, aos 35 minutos do segundo tempo

Sport: Magrão; Ernando, Ronaldo Alves (Claudio Winck), Durval e Sander; Marcão Silva, Jair e Neto Moura (Pablo Pardal); Morato (Matheus Peixoto), Marlone e Rogério
Técnico: Eduardo Baptista

Palmeiras: Jailson; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Felipe Melo, Thiago Santos e Lucas Lima (Guerra); Hyoran (Dudu), Jean (Willian) e Deyverson
Técnico: Felipão

PALMEIRAS X SPORT

GERAL
61 jogos
31 vitórias [93 GP]
11 empates
19 derrotas [70 GC]

BRASILEIRÃO
37 jogos
18 vitórias [58 GP]
7 empates
12 derrotas [44 GC]

Palmeiras e Sport se enfrentam na Ilha do Retiro após dois anos. A última partida entre os times no local ocorreu em julho de 2016, na campanha do título brasileiro, e o Alviverde levou a melhor: 3 a 1, com gols de Erik, Gabriel Jesus e Cleiton Xavier. Aliás, o Alviverde leva vantagem sobre o Leão no estádio independentemente da competição: são 29 jogos desde 1955, com 16 vitórias palestrinas, três empates e dez derrotas.

Palmeiras e Sport já fizeram final de campeonato. Em 2000, a Copa dos Campeões teve sua primeira edição e reuniu os vencedores dos principais torneios estaduais e interestaduais do país para determinar um dos quatro representantes brasileiros na Libertadores de 2001. A vaga palestrina no certame nacional veio graças à conquista do Torneio Rio-São Paulo de 2000, enquanto o Sport garantiu lugar com o título da Copa do Nordeste.

Donos dos melhores índices da Copa dos Campeões nas etapas anteriores, alviverdes e rubro-negros fizeram a final em jogo único, no Estádio Rei Pelé, em Maceió-AL, e o Palmeiras levou a melhor: 2 a 1, com gols de Asprilla e Alberto. Nildo ainda diminuiu para o Sport, mas não foi suficiente para barrar a conquista palestrina – a última na era Parmalat. No geral, o Verdão fez cinco partidas pela competição, com três vitórias, um empate, um revés, oito tentos marcados e cinco sofridos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.