Palmeiras 1 x 0 Corinthians – 09/09/2018

5b95873e9b7cb
Foto: Luis Moura/WPP

Demorou aproximadamente 30 minutos para nosso mistão (quem é reserva e quem é titular?) criar as primeiras chances mais claras. A partir daí passamos a dominar o jogo.

Voltamos para a segunda etapa bem melhores e mandando na partida. Logo aos 11 abrimos o placar e seguimos criando as melhores chances.

Não foi um passeio, mas foi uma vitória bastante consistente e merecida. O placar poderia ter sido melhor não fosse algumas marcações estranhas do árbitro e um chute de Dudu estourar no travessão.

A vitória nos mantém na 3ª posição da tabela a 3 pontos dos líderes (Inter e SP empatados).

Jogo válido pela 24ª rodada do Brasileirão 2018.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 x 0 CORINTHIANS

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 09 de setembro de 2018, domingo
Horário: 16 horas (Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (FIFA-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA-SP)
Público: 38.568 pagantes
Renda: R$ 2.781.213,42
Cartões amarelos: Lucas Lima, Deyverson (Palmeiras), Danilo Avelar, Roger e Ralf (Corinthians)
Gols: Palmeiras – Deyverson (aos 11 minutos do segundo tempo)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luís; Felipe Melo, Thiago Santos (Moisés) e Lucas Lima; Hyoran, Dudu e Deyverson (Willian)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

CORINTHIANS: Cássio; Mantuan (Gabriel), Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Douglas; Pedrinho (Clayson), Jadson e Romero; Roger (Jonathas)
Técnico: Jair Ventura

PALMEIRAS x CORINTHIANS: RETROSPECTO GERAL
Rivais há mais de 100 anos, Palmeiras e Corinthians entram em campo neste domingo (09), no Allianz Parque, às 16h, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.  Este encontro entre Palmeiras e Corinthians será o Derby de número 369 da história. No retrospecto geral, a vantagem pertence ao Verdão, que possui 130 vitórias, contra 128 dos corintianos (os outros 110 jogos terminaram empatados). O Alviverde vazou o adversário por 521 vezes e sofreu 482 gols. Os números oficializam todos os encontros que colocaram os clubes frente a frente em um campo de futebol, sem distinção de competição ou de tempo de jogo regulamentar.

PALMEIRAS x CORINTHIANS: PRIMEIRO CLÁSSICO DA HISTÓRIA
O primeiro Derby de todos os tempos foi disputado no dia 6 maio de 1917, pelo Campeonato Paulista, e assim como o duelo de hoje entre as duas equipes, também teve como palco o Parque Antarctica, estádio que, desde 2014, figura como uma moderníssima arena: o Allianz Parque. A peleja terminou com vitória palestrina por 3 a 0; naquela ocasião, em que o grande destaque foi o ponta-direita Caetano (autor dos três tentos do triunfo), nascia uma rivalidade, pois o Palestra Italia – que até então era um clube novato em competições oficiais – desbancou o Corinthians, que já existia desde 1910 e que vinha embalado de uma série invicta de 25 jogos.

PALMEIRAS x CORINTHIANS: CLÁSSICOS DISPUTADOS NO PALESTRA ITALIA
Anfitrião do clássico neste domingo (09), o Palestra Italia/Allianz Parque apresenta um histórico amplamente favorável ao Verdão em jogos entre Palmeiras e Corinthians. No local, foram 48 embates disputados até aqui, com 23 triunfos alviverdes, 11 empates e 14 vitórias corintianas (80 gols a favor do Maior Campeão do Brasil e 52 para o Alvinegro).

PALMEIRAS x CORINTHIANS: CLÁSSICOS VÁLIDOS PELO CAMPEONATO BRASILEIRO
Considerando apenas os jogos válidos pelo Campeonato Brasileiro, como no caso deste Derby, o Palmeiras leva vantagem sobre seu arquirrival de três vitórias no confronto: são 20 triunfos esmeraldinos contra 17 alvinegros, além de outras 20 igualdades no placar em um total de 57 jogos disputados – o Alviverde vazou o Corinthians em 70 oportunidades e sofreu 56 gols de seu adversário.

Palmeiras vence Corinthians com gol de Deyverson na estreia de Jair e segue à caça de líderes

Thiago Cara

Deu Palmeiras na estreia de Jair Ventura como técnico do Corinthians. Neste domingo, no Allianz Parque, os donos da casa não entraram com todos seus titulares, mas levaram a melhor sobre o maior rival, vencendo por 1 a 0. O gol foi marcado por Deyverson, no segundo tempo.

De olho na Copa do Brasil, o técnico Luiz Felipe Scolari preservou nomes como Willian e Moisés do início da partida, mas, na etapa complementar, colocou ambos. Foi com o meia já em campo, inclusive, que saiu o tento da vitória, aos 11 minutos, com Deyverson.

O atacante, aliás, tirou os corintianos do sério. A cada falta sofrida, o camisa 16 valorizava, irritando os rivais, que explodiram quando, ao ser substituído, piscou para o banco adversário, causando um leve tumulto na lateral de campo.

Com o resultado, o Palmeiras chegou a 46 pontos, reassumindo a terceira colocação, que chegou a ficar com o Flamengo. A distância para os líderes Internacional e São Paulo é de três pontos. Já o Corinthians segue com 30 pontos e cai para a nona colocação do Brasileiro.

Palmeiras e Corinthians agora voltam suas atenções para Copa do Brasil, com os compromissos de ida das semifinais na próxima quarta-feira. A equipe alviverde receberá o Cruzeiro, de novo em sua casa, às 21h45; mesmo horário em que os alvinegros visitam o Flamengo no Maracanã.

Pelo Brasileiro, pela 25ª rodada, Palmeiras e Corinthians jogam no próximo domingo, respectivamente, contra Bahia (16h), em Salvador, e Sport (19h), em São Paulo.

Primeiro tempo quente e com pouco futebol

O dérbi começou com a temperatura alta. No primeiro encontro entre os rivais no Allianz Parque desde a polêmica final do Paulista, o Palmeiras se enfureceu com a arbitragem de Jean Pierre Gonçalves, principalmente, depois de lance envolvendo Lucas Lima e Danilo Avelar.

Ainda aos seis minutos de partida, o meia palmeirense tentou entrar na área, mas caiu. O árbitro mandou seguir, revoltando Lucas Lima, que acabou recebendo cartão amarelo por reclamação. O clima tenso tomou conta também do estádio, impaciente a cada falta marcada.

Com a bola rolando, o Corinthians até foi responsável pela primeira finalização, aos três minutos, com Jadson, por cima. A postura dos visitantes, porém, foi de segurar o Palmeiras, que, de fato, teve dificuldades para criar, com Lucas Lima aparecendo pouco, e Hyoran mal.

As melhores chances vieram apenas na reta final do primeiro tempo. Aos 30, Hyoran assustou batendo cruzado; e, aos 36, Deyverson roubou bola de Douglas e bateu para fora. O centroavante também ficou no quase aos 40, de cabeça, em cruzamento de Dudu, que, por sua vez, finalizou fraco aos 44 para uma defesa fácil de Cássio, no centro do gol.

Deyverson dá a vitória ao Palmeiras

No segundo tempo, o Palmeiras voltou com Moisés no lugar de Thiago Santos na tentativa de ser mais criativo. A equipe alviverde seguiu rondando a área adversária, mas as dificuldades para finalizar persistiram. Até que aos 11 minutos, enfim, Deyverson fez a festa.

O gol saiu mais um cruzamento, desta vez, porém, rasteiro. O camisa 16 do Palmeiras levou a melhor sobre Léo Santos e só desviou para bater também Cássio e incendiar o Allianz Parque.

O Corinthians só foi conseguir responder aos 24 minutos, quando Henrique raspou cobrança de falta de Jadson para fora, tirando tinta da trave de Weverton. Aos 27, no entanto, o Palmeiras foi bem mais perigoso, com Dudu, que carimbou o travessão de Cássio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.