Palmeiras 3 x 1 Atlético Tucumán (ARG) – 24/05/2017

O jogador Mina, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do CA Tucumán, durante partida válida pela primeira fase, da Copa Libertadores, na Arena Allianz Parque. Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Com uma atuação bastante consistente e amplo domínio do jogo vencemos e avançamos para as oitavas da Libertadores.

Sem dúvidas nossa melhor partida na competição.

Mesmo jogando com certa facilidade, tomamos o empate numa das várias jogadas de bola aérea com perigo na nossa área. Isso tem sido um problema ultimamente e é necessário correção para ambicionar objetivos maiores na temporada.

Outro ponto que precisa ser ajustado é o disperdício de chances em arremates ou passes em momentos inoportunos. Tem partidas que as chances são reduzidas e disperdiçá-las pode segnificar derrota.

No confronto o Palmeiras utilizou uma estrela vermelha sobre o símbolo em memória ao título da Copa Rio 1951.

Jogo de volta válido pela 6ª rodada da fase de grupos da Libertadores 2017.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data: 24/05/2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldan (COL)
Assistentes: Eduardo Diaz e John Alexander Leon (COL)
Público: 37.918 pagantes
Renda: R$ 2.759.876,31
Cartões amarelos: Thiago Santos (PAL); Evangelista, Aliendro e Canuto (TUC)
Cartão vermelho: Gonzalez (TUC, no banco)
Gols: Palmeiras: Yerry Mina, aos 14 minutos do primeiro tempo, Willian, aos 23 minutos do segundo tempo, e Zé Roberto, aos 45 minuntos do segundo tempo
Tucumán: Rodriguez, aos 10 minutos do segundo tempo

Palmeiras: Fernando Prass; Jean, Yerry Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Thiago Santos e Tchê Tchê; Roger Guedes (Fabiano), Guerra (Michel Bastos) e Dudu; Borja (Willian)
Técnico: Cuca

Atlético Tucumán: Lucchetti; Di Plácido, Bianchi, Canuto e Evangelista; Aliendro, Leyes, Álvarez (Cuello) e Barbona; González (Menendez) e Rodríguez.
Técnico: Pablo Lavallén

Leia mais »