Botafogo/PB 1 x 0 Palmeiras – 21/09/2016

29218407533_05cac87e9e_o
O jogador Allione, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador do Botafogo FC, durante partida válida pelas oitavas de final, da Copa do Brasil, no Estádio Almeidão (Foto: Cesar Greco).

Favorecido pelo amplo placar do primeiro jogo fomos para João Pessoa com o time praticamente reserva e uma grande vantagem.

A ideia do professor era, além de corretamente poupar os titulares para o jogo decisivo de sábado pelo Brasileirão, avaliar o desempenho dos que recebem poucas chances. Pelo jeito não restaram dúvidas.

Desentrosado e jogando de forma desinteressada (além da preguiça) fomos batidos pelo adversário mas garantimos a classificação. Que venha o adversário das quartas (definido por sorteio).

Jogo de volta válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil 2016.

Gol e melhores momentos.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-PB 1 X 0 PALMEIRAS

Local: Estádio Almeidão, em João Pessoa (PB)
Data-Hora: 18/9/2016 (quarta-feira) – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas-BA (ESP)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)
Público/renda: Não divulgados
Cartões amarelos: Sapé, Carlinhos (BOT); Gabriel, Vitinho, Matheus Sales (PAL)
Gols: Carlinhos 30′ 2ºT (1-0)

BOTAFOGO-PB: Michel Alves; Gustavo (Saldanha 37′ 2ºT), Plínio, Marcelo Xavier e David Luis; Djavan, Sapé (Henik 7′ 2ºT), Pedro Castro e Marcinho; Carlinhos e Warley (Danielzinho 23′ 2ºT). Técnico: Itamar Schulle

PALMEIRAS: Vagner; Fabiano, Thiago Martins, Edu Dracena e Zé Roberto; Gabriel (Matheus Sales – intervalo), Arouca, Allione e Cleiton Xavier (Vitinho 24′ 2ºT); Rafael Marques e Lucas Barrios (Alecsandro 16′ 2ºT). Técnico: Cuca

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 21/09/2016 – 21:20h.
Com time reserva, Palmeiras perde para o Botafogo-PB mas avança na Copa do Brasil
Preguiçoso, Verdão joga mal e é derrotado por 1 a 0 em João Pessoa. Adversário nas quartas de final será definido por sorteio.
Apenas com Zé Roberto e Gabriel de titulares, o Verdão iniciou o jogo esperando para ver qual seria o comportamento do Botafogo-PB, que precisava de uma vitória por 4 gols de diferença para ficar com a vaga. Como os mandantes não tomaram iniciativa, o time de Cuca decidiu ele ir para cima. Aos 7 minutos Fabiano cruzou para Rafael Marques bater forte e rasteiro; Michel Alves defendeu em dois tempos.

Aos 9 minutos o Botafogo-PB respondeu meio que sem querer; Edu Dracena falhou na frente de Warley, o atacante ficou com a bola e em boa condição para finalizar, mas errou o alvo. A chance criada deu um gás para a equipe paraibana. Aos 10 minutos Gustavo arriscou de longe e exigiu boa defesa de Vagner. Aos 15 Jackson cobrou falta e viu o goleiro Palmeirense espalmar; na sequência Edu Dracena afastou o perigo.

A resposta do Verdão não demorou. Aos 21 minutos Zé Roberto apareceu bem pela esquerda e tocou para Barrios; o paraguaio girou pra cima do marcador e bateu à esquerda do goleiro. Aos 34 um belo lance para os mandantes: Marcinho chapelou Gabriel e sem deixar a bola cair bateu de canhota, rente ao travessão.

Quando a partida parecia esquentar, os dois times voltaram a diminuir o ritmo. Apenas nos minutos finais do primeiro tempo novas oportunidades de gol foram criadas, uma para cada equipe. Aos 39 minutos Warley escorou por cima um cruzamento vindo da direita. Aos 40 Cleiton Xavier deu lindo passe de letra para Rafael Marques; o atacante ficou cara a cara com o goleiro, demorou um pouco para finalizar e foi desarmado de maneira legal por seu marcador.

O Verdão voltou para a etapa final com Matheus Sales no lugar de Gabriel, que estava amarelado. O comportamento, no entanto, seguiu igual ao do primeiro tempo. Diante da preguiça de seus companheiros, aos 5 minutos Thiago Martins arrancou do meio-campo e deu ótimo passe para Barrios, que bateu por cima. O lance, porém, já havia sido anulado pelo assistente, que assinalou impedimento que não existiu.

A falta de ímpeto do Palmeiras também incomodou o técnico Cuca, que aos 16 minutos promoveu a segunda alteração: Alecsandro substitiu Barrios. Aos 17 minutos o Botafogo-PB finalizou pela primeira vez no segundo tempo, mas o chute de Marcinho não levou perigo à meta de Vagner.

Aos 23 minutos foi a vez de Cleiton Xavier, sumido, deixar a partida. Vitinho foi para o jogo mas entrou muito afobado, saindo sozinho com a bola pela lateral e recebendo um cartão amarelo após cometer falta dura e desnecessária no meio-campo. A partida seguia num ritmo de treino até que aos 30 minutos Gustavo foi à linha de fundo e cruzou forte demais; Pedro bateu de primeira, a bola desviou nas costas de Marcinhi e tirou Vagner da jogada: 1 a 0.

Precisando “apenas” de mais três gols para ficar com a vaga, a equipe paraibana se lançou ao ataque. Aos 33 minutos Gustavo bateu de canhota, por cima. Aos 36 Carlinhos arriscou da entrada da área, sem direção. Aos 41 minutos até o zagueiro Plínio tentou a sorte, mas para sorte do Palmeiras bater a gol não é a dele.

Nos últimos cinco minutos o time do técnico Cuca não se importou em estar perdendo uma invencibilidade de dez jogos e ficou todo atrás. Aos 43 Plínio – impedido – surgiu novamente no ataque e só não fez o segundo porque finalizar definitivamente não é com ele. Nos acréscimos Zé Roberto ainda fez uma boa jogada, desperdiçada por Alecsandro. E foi só.

Mesmo com a derrota o Palmeiras garantiu vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. O adversário será definido por sorteio na manhã de sexta-feira, na sede da CBF.

Sábado (24/09) o Verdão recebe o Coritiba no Allianz Parque. A partida, válida pela vigésima sétima rodada do Brasileirão, está marcada para 16h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.