Internacional 3 x 1 Palmeiras – 29/11/2014

n_palmeiras_os_jogos-9230367
Foto: www.paixaopalmeirense.com.br

Pressionado por 4 derrotas seguidas e ocupante da 16ª colocação do campeonato, graças a há 4 times mais incompetentes, fomos ao Beira-Rio e o resultado não podia ser difrente: outra derrota, a quinta seguida.

Por incrivel que pareça e contestando o placar, jogamos relativamente bem mas com erros de sempre e a tradicional zica, como no primeiro gol tomado.

Mesmo com a derrota nos mantivemos em 16ª. O destino não nos quer novamente na série B.

Jogo válido pela 37ª rodada do Brasileirão 2014.

Gols, melhores momentos, jogo completo.

FICHA TÉCNICA

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data: 29/11/2014, sábado
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (Fifa-MG) e Guilherme Dias Camilo (Asp. Fifa-MG)
Público: 41.148 (36.504 pagantes)
Cartões amarelos: Gilberto e D´Alessandro (Internacional)
Cartões vermelhos: Allione e Bruno César (Palmeiras); Fabrício (Internacional)
Gols: Iternacional: Taiberson, aos 23 minutos do primeiro tempo; Fabrício, aos 19, e Valdívia, aos 33 minutos do segundo tempo
Palmeiras: Renato, aos 37 minutos do primeiro tempo

Internacional: Alisson; Gilberto (Wellington Silva), Ernando, Alan Costa e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alex (Valdívia) e D´Alessandro; Taiberson (Gustavo) e Rafael Moura
Técnico: Abel Braga

Palmeiras: Fernando Prass; João Pedro, Lúcio, Victorino e Victor Luís; Gabriel Dias (Felipe Menezes), Renato, Marcelo Oliveira (Cristaldo), Wesley (Bruno César) e Allione; Henrique
Técnico: Dorival Júnior

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 29/11/2014 – 21:24h.
Palmeiras perde a quinta seguida e se complica
Time até que não joga mal, mas mostra a fragilidade de sempre e é superado pelo Internacional por 3 a 1.
Com três zagueiros e três volantes, o Palmeiras iniciou o jogo com a clara proposta de segurar o Internacional, que partiu para cima. Aos 3 minutos Lúcio afastou mal e Alex finalizou, mas Victorino desviou no meio do caminho. Aos 10 novamente Alex experimentou, desta vez direto para fora.

O Verdão só foi chegar ao ataque aos 13 minutos, e quase abriu o placar. Allione fez bela jogada individual, a bola sobrou para Marcelo Oliveira fuzilar rente à trave esquerda de Alisson. O Inter não demorou para dar a resposta. Aos 18 Aránguiz achou Fabrício livre na área, mas o lateral errou o alvo.

O jogo era equilibrado, até que aos 23 minutos a sorte deu o ar da graça, sempre contra o Palmeiras. Taiberson chutou fraco da entrada da área, Marcelo Oliveira quis tirar e encobriu Prass, que já se abaixava para defender: 1 a 0. O gol fez o Beira-Rio explodir de vez, mas os mandantes não aproveitaram o momento.

Aos 37 minutos o time de Dorival Júnior articulou uma boa jogada que terminou com Victor Luis cruzando sob medida para Renato ir no terceiro andar e decretar o empate: 1 a 1. O gol alviverde deixou o Internacional irritado. D´Alessandro passou a querer apitar o jogo e acabou sendo advertido com um cartão amarelo.

No último lance da etapa inicial a equipe gaúcha ainda criou mais uma chance, com o argentino encrenqueiro, mas Prass estava atento e defendeu o chute desferido da entrada da área.

No segundo tempo o panorama da partida pouco mudou, ou seja, o Inter seguia com mais posse de bola mas sem conseguir passar pelo sistema defensivo Palmeirense. Parecendo satisfeito com o empate, o Verdão também pouco agredia o adversário.

A primeira finalização surgiu apenas aos 12 minutos com Taiberson, mas saiu sem direção. Aos 15 o Palmeiras respondeu na mesma moeda com Gabriel Dias. Dois minutos depois Taiberson voltou a experimentar, mas novamente errou o alvo por muito.

A partida estava em banho maria até que aos 19 minutos o Inter trocou três passes certos e chegou ao segundo gol. Wellington Silva levantou na cabeça de Fabrício, que ganhou de Lúcio e recolocou os mandantes a frente no placar: 2 a 1. No minuto seguinte Valdivia recebeu de Rafael Moura e quase ampliou.

Precisando da vitória, o técnico Dorival Júnior resolveu mexer. Aos 21 minutos Marcelo Oliveira deu lugar a Cristaldo, e aos 30 Wesley foi substituído por Bruno César. Pouco tempo depois, aos 33, o gol saiu, mas para o Internacional. Valdivia (o genérico) arriscou de muito longe, a bola balançou demais e entrou no ângulo esquerdo de Prass: 3 a 1.

O terceiro gol foi a senha para a torcida colorada, que lotou o Beira-Rio, enfim comemorar a vitória. Nos 10 minutos restantes, aos gritos de “segunda divisão”, o Palmeiras ainda conseguiu perder Allione e Bruno César, expulsos. A quinta derrota seguida coloca a equipe à beira do rebaixamento.

Domingo que vem (07/12) o time do presidente reeleito Paulo Nobre definirá sua sorte diante do Atlético-PR. O jogo está marcado para o Allianz Parque, às 17h, mas pode mudar de local.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.