Palmeiras 0 x 2 Sport – 19/11/2014

victorluislamentafriedemannvogelgetty
Foto: Friedemann Vogel / Getty Images

De bonito só a espetacular, magnífica, majestosa Arena Allianz Parque lotada pela torcida para a inauguração.

Nem a casa nova e nem a torcida fizeram diferença.

Em campo, fora o gramado, nada de novo. Um péssimo desempenho recompensado com mais uma derrota. Já é a terceira seguida na reta final do campeonato. Nos mantivemos na 14ª colocação mas vimos a turma de trás se aproximar bastante.

Jogo válido pela 35ª rodada do Brasileirão 2014.

Gols, melhores momentos, jogo completo.

FICHA TÉCNICA

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data: 19/11/2014, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Público: 35.939 presentes
Renda: R$ 4.915.885,00
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Marcio Eustáquio Santiago (MG) e Guilherme Dias Camilo (MG)
Assistentes adicionais: Igor Junio Benevenuto (MG) e Wagner dos Santos Rosa (RJ)
Cartões Amarelos: Marcelo Oliveira, Henrique (Palmeiras) e Joéliton (Sport)
Gols: Sport: Ananias, aos 32, e Patrc, aos 44 minutos do segundo tempo

Palmeiras: Fernando Prass; João Pedro, Nathan, Tobio e Juninho (Mouche); Victor Luis, Marcelo Oliveira, Wesley (Mazinho) e Felipe Menezes (Allione); Diogo e Henrique
Técnico: Dorival Júnior

Sport: Magrão; Patric, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Rithely, Danilo (Wendel) e Diego Souza; Mike (Felipe Azevedo) e Joelinton (Ananias)
Técnico: Eduardo Baptista

20150501172042_0

allianzgeralfriedemannvogelgetty

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 19/11/2014 – 23:51h.
Palmeiras não dignifica nova casa e se afunda
Time do presidente Paulo Nobre não joga absolutamente nada e perde para o Sport por 2 a 0 na inauguração do Allianz Parque.
O Palmeiras iniciou o jogo tentando ignorar a pressão de inaugurar o novo estádio. Aos 3 minutos a primeira chance: Felipe Menezes cobrou falta, a bola desviou na barreira e saiu em escanteio. A melhor opção seria cruzar. Na cobrança de Victor Luis, Diogo finalizou para fora.

O Sport não demorou a dar as caras. Aos 7 minutos Mike arriscou da entrada da área, para fora. Aos 14 o Verdão respondeu com Marcelo Oliveira; o volante recebeu passe de Henrique e fuzilou, a bola desviou em Durval mas o árbitro não deu o escanteio. Aos 19 minutos Wesley arriscou de longe, sem direção.

Aos 21 minutos os visitantes assustaram a meta de Prass num chute forte de Diego Souza, mas o goleiro Palmeirense estava atento. No contra-ataque o time do técnico Dorival Júnior desperdiçou a melhor chance da etapa inicial. Juninho cruzou sob medida para Felipe Menezes, que sozinho errou na conclusão de cabeça.

O lance foi o estopim para a torcida presente ao Allianz Parque começar a dar os primeiros sinais de insatisfação com o fraco futebol que via em campo. Aos 25 minutos outro susto: após cruzamento da esquerda, Danilo desviou de cabeça, nas mãos de Prass. Antes do final do primeiro tempo o Palmeiras criou apenas uma chance, aos 31, num chute torto de Felipe Menezes.

Na etapa final, inexplicavelmente sem mudanças, o Palmeiras voltou cometendo os mesmos erros do primeiro tempo, ou seja, errando passes de meio metro e dando espaços para o Sport atacar. Aos 36 segundos Danilo passou como quis por Nathan e só não fez o gol porque Marcelo Oliveira o desarmou antes do chute. Aos 2 minutos Rodrigo Mancha bateu rasteiro e Prass defendeu.

Aos 5 minutos o Verdão respondeu, ou tentou, já que a falta executada por Victor Luis saiu sem direção. Aos 8 Wesley bateu de canhota, nas mãos de Magrão. No lance seguinte Victor Luis cruzou e Henrique escorou no canto, mas o goleiro do Sport estava atento.

Precisou um péssimo começo de segundo tempo para Dorival enfim mexer na equipe. Aos 12 minutos Allione substituiu Felipe Menezes, mas a essa altura o Sport já estava à vontade no jogo e passou a levar cada vez mais perigo nos contra-ataques. Aos 21 Wesley errou um passe fácil, os visitantes avançaram, Diego Souza cruzou e Danilo perdeu gol feito. Aos 27 Felipe Azevedo pegou rebote e concluiu por cima.

Diante da apatia Palmeirense, aos 27 minutos Dorival promoveu mais uma alteração: Mouche entrou no lugar de Juninho. Aos 32 o gol saiu, mas foi para o Sport. Após cruzamento, Victor Luis afastou mal, a bola sobrou para Ananias bater forte, rasteiro, no canto direito de Prass, que nada pôde fazer: 1 a 0.

Perdendo o primeiro jogo oficial do Allianz Parque, o Palmeiras se acovardou de vez, envergonhando sua história. Melhor para o Sport, que chegou facilmente ao segundo gol com Patric, aos 44 minutos. O lateral passou sem ser incomodado pelo sistema defensivo e bateu com categoria no canto esquerdo: 2 a 0 e fim de papo.

Com a derrota o time de Dorival Júnior permanece com 39 pontos e se firma como favorito a uma das quatro vagas da zona de rebaixamento.

Domingo (23/11), às 19h30, o Palmeiras vai a Curitiba para perd…, ops, para enfrentar o Coritiba.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.