Botafogo 0 x 1 Palmeiras – 08/10/2014

1417669624083
Foto: Marcos de Paula/Estadão

Jogando na casa de um adversário direto na briga contra o rebaixamento, conseguimos nos impor e vencer a primeira fora de casa no returno.

O jogo marcou a volta de Fernando Prass ao gol deixando os sistema defensivo (e a torcida) mais tranquilo.

A segunda vitória seguida nos deixa com 31 pontos e na 13ª posição da tabela.

Jogo válido pela 27ª rodada do Brasileirão 2014.

Gol, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 08/10/2014, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Fabricio Neves Correa (RS)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) Jose Antônio Chaves Franco Filho (RS)
Público: 9.122 pagantes
Renda: R$ 218.760,00
Cartões amarelos: Matheus, Carlos Alberto (BOT); Marcelo Oliveira, Juninho, Valdivia (PAL)
Gol: Henrique, aos 4 minutos do segundo tempo

Botafogo: Helton Leite; Régis, Matheus, André Bahia e Junior Cesar; Airton (Wallyson), Gabriel, Fabiano (Carlos Alberto) e Ramírez; Rogério e Zeballos (Yuri Mamute)
Técnico: Vagner Mancini

PALMEIRAS: Fernando Prass; João Pedro, Lúcio, Tobio e Juninho; Marcelo Oliveira, Victor Luis, Wesley (Washington) e Valdivia; Cristaldo (Leandro) e Henrique (Allione)
Técnico: Dorival Júnior

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 08/10/2014 – 21:23h.
Verdão vence o Botafogo e se distancia do Z4
Henrique faz o gol isolado no Maracanã e ajuda o Palmeiras na luta contra o rebaixamento.

O jogo começou morno no Maracanã, com Palmeiras e Botafogo se respeitando demais e errando muitos passes. A primeira finalização demorou 15 minutos para acontecer, e foi para o Verdão com Henrique, mas o chute do atacante saiu fraco, sem problemas para Helton Leite.

Em marcha lenta, o time do técnico Dorival Júnior voltou ao ataque apenas aos 24 numa falta que Valdivia cobrou com perigo, mas o goleiro estava atento. Aos 28 minutos Cristaldo experimentou de longe, mas também não foi feliz. No minuto seguinte enfim uma boa jogada: Wesley tocou para Valdivia, que passou por dois marcadores e bateu de canhota, para fora.

O Botafogo, apesar de ter conseguido cruzar algumas bolas na área Palmeirense, só foi chegar com perigo aos 36 numa bomba de Rogério que Prass espalmou. O lance acordou os mandantes. Aos 38, após outra bola alçada, Matheus Menezes ajeitou para André Bahia concluir para fora.

Nos minutos finais as duas equipes se arriscaram um pouco mais, melhorando o nível da partida. Aos 42 Régis não cruzou nem finalizou, mas fez Prass trabalhar. No contra-ataque Wesley fez boa jogada individual e de canhota bateu rente à trave direita do goleiro. A melhor chance viria aos 45: Valdivia cruzou na cabeça de Cristaldo, que escorou no canto, mas Helton Leite foi buscar, mandando para escanteio. Logo depois o árbitro encerrou o primeiro tempo.

Com Leandro no lugar de Cristaldo, o Palmeiras voltou para a etapa final tomando a iniciativa, tanto que conseguiu abrir o placar rapidamente. Aos 4 minutos Valdivia cruzou, Henrique dominou, girou e bateu: 1 a 0. Golaço.

A frente no placar, o Palmeiras não soube aproveitar o momento e aos poucos foi deixando o Botafogo crescer. Aos 19 minutos Wallyson pegou uma sobra da entrada da área e bateu rente ao travessão de Prass, que nem se mexeu. Aos 22 foi a vez de Zeballos arriscar e perder boa oportunidade para o empate.

Aos 26 minutos Zeballos cobrou falta, a bola desviou na barreira e saiu. Todo recuado, o Palmeiras só foi responder aos 34, quando Valdivia fez grande jogada individual e serviu Leandro; o atacante finalizou mas André Bahia desviou e evitou o gol.

O lance não assustou o Botafogo, que quase chegou ao empate aos 37 minutos com Rogério, mas o chute do lateral parou numa ótima defesa de Fernando Prass. O jogo ficou aberto. Aos 39 Valdivia bateu colocado para boa defesa de Helton Leite. Pouco antes Allione, que substituiu Henrique, havia perdido um excelente contra-ataque.

Mesmo com o juizão ajudando (inventou diversas faltas e deu cinco minutos de acréscimo) o Botafogo não conseguiu criar mais nenhuma chance para igualar o placar e ainda viu Allione, aos 47, quase ampliar, mas o chute do argentino parou no goleiro. Assim foi a primeira vitória do Palmeiras como visitante no returno. O time vai a 31 pontos e respira um pouco mais aliviado na luta para se distanciar do Z4.

O Verdão volta a campo às 21h de sábado (11/10) para enfrentar o Grêmio, no Pacaembu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.