Palmeiras 3 x 0 Joinville – 09/11/2013

Aos 22 minutos, Márcio Araújo rouba a bola de Wellington Bruno e serve Valdivia, que rola a bola para Leandro (esquerda). Sem marcação, o atacante finaliza no canto para abrir o placar. (Foto: J.F.Diorio/Estadão)

Um ponto. É o que nos falta para confirmar o título da Série B e levantar, mesmo que indesejável, mais uma taça.

Com Valdívia comandando o time em campo dominamos as ações desde o início da partida.

Marcamos 1 gol no primeiro tempo e no começo do segundo Leandro foi expulso. Parecia que o JEC aprontaria, porém mesmo com um a menos fomos pra cima e fizemos mais 2.

Jogo válido pela 34ª rodada da série B do Brasileirão 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 09/11/2013, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Público: 10.936
Renda: R$ 379.550,00
Assistentes: Lilian da Silva Fernandes Bruno (Fifa/RJ) e Antonio Luiz Guimarães Lugo (MS)
Cartões amarelos: Valdivia (Palmeiras). Eduardo, Sandro, Marcos Winícius e Clebinho (Joinville)
Cartão vermelho: Leandro (Palmeiras)
Gols: Leandro, aos 22 minutos do primeiro tempo. Juninho, aos 24, e Serginho, aos 42 minutos do segundo tempo

Palmeiras: Fernando Prass; Wendel, Henrique, André Luiz e Juninho (Serginho); Márcio Araújo, Marcelo Oliveira, Wesley (Renatinho) e Valdivia; Vinícius (Ananias) e Leandro
Técnico: Gilson Kleina

Joinville: Ivan; Eduardo (Clebinho), Rafael, Sandro e Rafinha; Augusto Recife (Kim), Marcus Vinícius, Marcelo Costa, Diogo Oliveira e Wellington Bruno; Edigar Júnio (Ronaldo)
Técnico: Sergio Ramírez

Verdão goleia e praticamente garante o título
Valdivia brilha, Palmeiras faz 3 a 0 no Joinville e agora precisa de mais 1 ponto para ser campeão.

Com uma formação cautelosa (3 volantes), o Palmeiras iniciou o jogo errando muitos passes, principalmente com seus dois homens mais criativos: Wesley e Valdivia. Aos 5 minutos o chileno acertou seu primeiro passe, mas escolheu errado, tocando para Juninho; a melhor opção era Leandro, que entrava livre pelo meio.

Aos 9 minutos Leandro tentou resolver sozinho; o atacante driblou 3 marcadores mas ficou sem espaço e rolou para Márcio Araújo, que finalizou por cima. Aos 16 enfim uma jogada trabalhada. Wesley tocou para Juninho, o lateral invadiu a área e cruzou, mas Sandro chegou antes de Leandro.

Recuado, o Joinville não oferecia perigo. Aos 22 minutos, aproveitando a apatia do rival, Márcio Araújo roubou uma bola perto da área, tocou para Valdivia que de primeira deixou Leandro na cara do goleiro: 1 a 0. Após abrir o placar, o time do técnico Gilson Kleina voltou a diminuir o ritmo.

Aos 29 minutos Wesley arriscou da entrada da área, para fora. O Joinville só foi reagir aos 31. Após cobrança de lateral, Wellington Bruno se escorou em Henrique, girou e finalizou para ótima defesa de Fernando Prass. Aos 44 mais uma investida, essa menos perigosa graças a André Luiz, que bloqueou o chute de Marcos Vinícius. Pouco depois o árbitro encerrou a morna etapa inicial no morno Pacaembu.

No segundo tempo o Verdão voltou com Ananias no lugar de Vinícius, mas pouca coisa mudou, pois o time seguiu burocrático. Aos 3 minutos Marcelo Oliveira ainda tentou fazer algo diferente ao tabelar com Valdivia, mas na sequência ele pisou na bola e caiu de bunda. Aos 9 outra patacoada: Leandro cometeu falta besta e recebeu o segundo amarelo, sendo expulso pela terceira vez nas últimas 9 rodadas.

Com um homem a mais, o Joinville se viu na obrigação de atacar, mas esbarrou na falta de qualidade técnica. Aos 15 minutos Kim tentou assustar Prass numa finalização de fora da área, mas errou o alvo. Aos 16 Wesley sentiu um desconforto muscular e foi substituído por Renatinho, cria da base.

Percebendo que o rival não levaria muito perigo, o Palmeiras voltou a atacar e aos 24 minutos chegou ao segundo gol. E foi um golaço. Valdivia fez mágica ao dar lindo passe para Juninho, que foi feliz na finalização: 2 a 0. Apenas dez minutos depois o rival voltou ao ataque, e quase marcou um gol sem querer com Marcos Vinícius, que queria cruzar e quase encobriu Prass.

Nos minutos finais o Verdão ainda chegou ao terceiro gol. Ananias puxou contra-ataque pela direita, deixou Sandro para trás e rolou para Renatinho; o volante bateu colocado mas a bola explodiu num zagueiro, se oferecendo para Serginho concluir: 3 a 0 e fim de papo no Pacaembu.

Com a vitória o Palmeiras vai a 73 pontos e agora precisa de apenas mais 1 para garantir matematicamente o título da Série-B.

Terça-feira (12/11) o Verdão vai até Belém do Pará para enfrentar o Paysandu. Leandro, suspenso, será o desfalque.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.