Bragantino 0 x 2 Palmeiras – 19/10/2013

wesley-wagnercarmo-ae
Com golaço no fim, Wesley garantiu a vitória do Palmeiras (Foto: Wagner Carmo/Agência Estado)

Precisando da vitória, para reabilitar os ânimos após a última rodada, fomos à Bragança Paulista enfrentar a equipe local.

Dominamos o primeiro tempo, porém, o placar favorável de 1 x 0 construído na etapa inicial quase ruiu após ficarmos com um homem a menos aos 5′ do segundo tempo. Foi um sufoco até que aos 47′ ampliamos.

A vitória nos deixa com os dois pés na série A 2014.

Jogo válido pela 31ª rodada da série B do Brasileirão 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista (SP)
Data: 19/10/2013 (sábado)
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Fábio Rogério Baesteiro (SP)
Cartões amarelos: Robertinho, Geandro, Leandro Santos, Guilherme e Preto (Bragantino); Leandro (Palmeiras)
Cartão vermelho: Leandro (Palmeiras)
Gols: Alan Kardec, aos 27 minutos do primeiro tempo, e Wesley, aos 47 minutos do segundo tempo

Bragantino: Leandro Santos; Guilherme, Raphael Andrade e Geandro; Robertinho, Serginho, Preto, Gustavo (Geovanni)e Carlinhos (Léo Aro); Léo Jaime (Cesinha) e Nilson
Técnico: Marcelo Veiga

Palmeiras: Fernando Prass; Luis Felipe, Henrique, André Luiz e Marcelo Oliveira (Fernandinho); Márcio Araújo, Wesley e Felipe Menezes (Eguren); Leandro, Alan Kardec e Vinicius
Técnico: Gilson Kleina

Verdão passa pelo Bragantino no sufoco
Com um homem a menos, Palmeiras segura pressão e vence por 2 a 0 fora de casa, gols de Kardec e Wesley.

O jogo começou com o Verdão tomando a iniciativa. Aos 5 minutos Vinícius fintou seu marcador mas finalizou fraco, nas mãos do goleiro. Na jogada seguinte outra investida, desta vez pelo lado direito. Alan Kardec rolou para Luis Felipe chegar chutando, mas o lateral errou o alvo e isolou.

Aos 11 minutos Vinícius repetiu a primeira jogada, mas dessa vez com menos força. Aos 14 a chance mais perigosa: Wesley cobrou falta, Henrique finalizou e parou numa boa defesa de Leandro Santos. Só dava Palmeiras. Aos 17 Alan Kardec ajeitou para Leandro soltar a bomba, por cima.

A fragilidade do Bragantino era tanta que aos poucos até Henrique passou a jogar mais avançado. Aos 24 minutos Kardec deu bom passe para Vinícius, o atacante foi à linha de fundo e cruzou, mas o goleiro se antecipou a Leandro. No minuto seguinte Wesley achou Luis Felipe invadindo a área; o lateral recebeu e chutou, mas de novo o goleiro apareceu bem.

O gol do Verdão era questão de tempo, e aos 27 minutos amadureceu. Após dar vários passes, Alan Kardec resolveu arriscar ele mesmo da entrada da área e foi feliz: 1 a 0. Finalmente a frente no placar, o time do técnico Gilson Kleina diminuiu o ritmo, mas o Bragantino não aproveitou.

A partida só voltou a ficar boa nos minutos finais do primeiro tempo, quando o Palmeiras resolveu a atacar. Aos 46 Alan Kardec voltou a deixar um companheiro em boa condição para finalizar, desta vez foi Fernandinho (que entrara pouco antes no lugar de Marcelo Oliveira, lesionado), mas o chute do lateral parou no goleiro.

Na etapa final, logo aos 5 minutos, Leandro puxava contra-ataque quando sofreu falta. O adversário levou amarelo mas o atacante Palmeirense acabou expulso, pois na queda deixou a perna. Ele já tinha recebido um cartão no primeiro tempo.

Com um homem a mais, o Bragantino resolveu se lançar ao ataque, mas apenas aos 16 conseguiu criar uma chance para empatar com Nilson; o chute do atacante foi interceptado por Márcio Araújo. Aos 17 Kleina tirou Felpe Menezes e mandou a campo o uruguaio Eguren.

Com uma formação mais cautelosa, o Palmeiras passou a dar mais espaços ao Bragantino. Aos 18 minutos Nilson escorou de cabeça um levantamento vindo da direita, para fora. Aos 24 Preto cruzou, a defesa alviverde se atrapalhou e Prass espalmou.

O Verdão só foi reagir aos 31 minutos, quando Henrique cobrou com perigo uma falta sofrida por Kardec. Aos 32 Ananias substitiu Vinícius, que pouco produziu. Em seu primeiro lance, aos 35, o atacante sofreu falta e Kardec cobrou na trave.

Nos minutos finais, porém, os mandantes voltaram a pressionar. Aos 42 minutos Fernando bateu cruzado, a bola bateu nas costas de Henrique e saiu em escanteio. Aos 43 Preto se antecipou a Prass e levantou a bola na área; Luis Felipe afastou parcialmente mas o perigo só deixou de rondar a área com um bicão de Henrique.

Após segurar a pressão, aos 47 minutos o Verdão conseguiu puxar um contra-ataque e defniiu a partida. Luis Felipe tocou para Wesley, o volante invadiu a área, ajeitou e bateu com força para fazer 2 a 0. Com o resultado o Palmeiras vai a 68 pontos e coloca os dois pés na elite do Brasileirão.

Agora o Verdão para por uma semana, pois o próximo compromisso está marcado apenas para sábado que vem (26/10) contra o São Caetano, às 16h20, no Pacaembu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.