Palmeiras 1 x 0 Guaratinguetá – 11/10/2013

palmeiras_comemoracao_ae.jpg_95
Palmeirenses comemoram o gol de Vilson no fim da primeira etapa (Foto: Edno Luan / Agência Estado)

Jogando um futebol básico vencemos a equipe do interior e ficamos a 3 pontos da Série A 2014.

A fraca partida marcou o fim dos mandos em Londrina, em função da punição que sofremos por briga de torcida contra o próprio Guará.

Jogo válido pela 29ª rodada da série B do Brasileirão 2013.

Gol, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio do Café, Londrina (PR)
Data: 11/10/2013, sexta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Público: 16.349 pagantes
Renda: R$551.600,00
Cartões amarelos: Mendieta e Charles (PAL); Julio César, Formiggoni, Wendel e Pedro Paulo (GUA)
Árbitro: Antônio Rogério Batista do Prado (SP)
Assistentes: Pedro Martinelli Christino (SP) e Edina Alves Batista (SP)
Gol: Vilson, aos 45 minutos do primeiro tempo

Palmeiras: Fernando Prass, Luis Felipe, Vilson, André Luiz e Juninho; Márcio Araújo (Léo Gago), Charles e Mendieta (Felipe Menezes); Ananias, Alan Kardec e Leandro (Vinícius)
Técnico: Gilson Kleina

Guaratinguetá: Saulo, Coelho (Leandro), Wendel, Pedro Paulo, Giovanni; Bruno Fomrigoni, Julio Cesar, Moacir (Michel), Renato Peixe; Rodrigo e Alex Afonso (Allan)
Técnico: Carlos Octávio

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 11/10/2013 – 23:46h.
Verdão joga para o gasto e vence outra
Na despedida de Londrina, Palmeiras vence o Guaratinguetá por 1 a 0 com gol de Vilson e vai a 65 pontos.

Sem Wesley e com três atacantes, o Palmeiras iniciou o jogo apostando na movimentação de Leandro e Ananias. Aos 8 minutos a primeira investida: Mendieta tocou para Leandro finalizar com perigo, para boa defesa de Saulo.

O Guaratinguetá, porém, também estava a fim de mostrar serviço. Aos 13 Coelho cobrou falta, Rodrigo resvalou e Prass espalmou no reflexo. Aos 20 minutos Moacir ganhou de Juninho na corrida e cruzou para Alex Afonso, mas Vilson chegou antes, mandando para escanteio. Na cobrança de Coelho, Wendel escorou sozinho e só não correu para o abraço porque Márcio Araújo salvou sobre a linha.

Ápós os sustos o Verdão reagiu. Aos 22 minutos Luis Felipe cobrou falta, Saulo espalmou nos pés de Leandro, mas o atacante finalizou por cima. Aos 26 Juninho cruzou na cabeça de Kardec, que viu a bola sair à esquerda. Aos 38 o gol saiu, mas foi corretamente anulado. Após falta executada por Kardec, a bola ficou na barreira e se ofereceu para Mendieta; o paraguaio carimbou a trave e no rebote Leandro conferiu, mas estava impedido.

Em busca do gol, o time do técnico Gilson Kleina intensificou a pressão, sempre pelo lado esquerdo. Aos 40 minutos Juninho cruzou para Mendieta finalizar com perigo, para fora. Aos 41 o camisa 6 levantou para Kardec, mas de novo o atacante errou o alvo. Aos 45, após outra participação de Juninho, a rede adversária enfim balançou. O lateral cobrou falta, André Luiz escorou e Vilson finalizou: 1 a 0. Logo depois o árbitro encerrou o primeiro tempo no Estádio do Café.

Na etapa final, para administrar o resultado, o Palmeiras diminuiu o ritmo, se arriscando ao ataque apenas “na boa”. Aos 8 minutos Charles experimentou de longe, por cima. No minuto seguinte Rodrigo copiou o Palmeirense e também errou o alvo.

Aos 10 minutos Luis Felipe cobrou uma falta e fez Saulo defender em dois tempos. Aos 15 o lateral fintou seu marcador, puxou para o meio e bateu de canhota, para fora. Um minuto depois Charles voltou a tentar de fora da área, dessa vez acertando o alvo, mas o goleiro estava atento.

Com uma lesão muscular, aos 16 minutos Márcio Araújo deixou o campo; Léo Gago entrou em seu lugar. Aos 17 Mendieta levantou para André Luiz, que escorou por cima. O Guaratinguetá só voltou a atacar aos 22 minutos, num chute sem direção de Alex Afonso. Aos 24 Luis Felipe voltou a aparecer bem, desta vez num cruzamento fechado demais que quase surpreendeu o goleiro.

Para tentar dar um novo gás ao time, Aos 26 Kleina trocou Leandro por Vinícius. Aos 26 Mendieta tocou para Luis Felipe, o lateral passou por seu marcador mas outra vez errou o alvo em finalização de canhota. Os visitantes responderam aos 31, quando Renato tocou para Leandro soltar a bomba, para fora.

Aos 33 minutos outra baixa por lesão: Mendieta sentiu o joelho esquerdo e foi substituído por Felipe Menezes. Aos 36 enfim uma chance clara de gol. Vinícius cruzou para Kardec, o atacante subiu mais alto que o zagueiro mas cabeceou para fora.

Nos minutos finais o Palmeiras tratou de segurar a bola no campo de ataque à espera do apito final do juiz. Com a vitória o time do técnico Gilson Kleina vai a 65 pontos e praticamente garante retorno à elite do Brasileirão.

O Verdão volta a campo na terça-feira (15/10) para enfrentar o Icasa, em Juazeiro do Norte. O jogo será às 21h50. Charles, suspenso, será o desfalque.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.