Palmeiras 4 x 0 Figueirense – 08/10/2013

palmeiras_ae_marcosbezerra
Jogadores do Palmeiras comemoram a vitória em Londrina (Foto: Marcos Bezerra / Ag. Estado)

Apesar do gramado ruim do Estádio do Café, em Londrina, que será nossa casa por algumas rodadas, conseguimos construir um bom placar e vencer a equipe de Florianópolis.

Domínio total do início ao fim.

Estamos a 6 pontos para confirmar o acesso a série A 2014. Contagem regressiva.

Jogo válido pela 28ª rodada da série B do Brasileirão 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio do Café, Londrina (PR)
Data: 08/10/2013, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes: Marcos Rogerio da Silva (PR) e Luiz H Souza Santos Renesto (PR)
Público: 15.705 pagantes / 16.454 total
Renda: R$ 543.920,00
Cartões amarelos: Charles e Wesley (PAL); William, Rodrigo e Bruno Pires (FIG)
Gols: Alan Kardec, aos 5 minutos do primeiro tempo. Mendieta aos 3, Alan Kardec aos 7 e Serginho aos 38 minutos do segundo tempo

Palmeiras: Fernando Prass, Wendel (Ananias), André Luiz, Marcelo Oliveira e Juninho; Márcio Araújo, Charles (Léo Gago), Wesley e Mendieta; Leandro (Serginho) e Alan Kardec
Técnico: Gilson Kleina

Figueirense: Tiago Volpi; William, Douglas Marques, Bruno Pires e Henrique Miranda; Paulo Roberto (Nem), Rodrigo Souto, Rodrigo (Maylson); Arthur, Pablo e Everton Santos (Tinga)
Técnico: Vinicius Eutrópio

Verdão passa fácil pelo Figueirense
Kardec marca dois e o Palmeiras goleia o time catarinense por 4 a 0, em Londrina.

Sem Luis Felipe, vetado no vestiário, e com Marcelo Oliveira formando a dupla de zaga com André Luiz, o Verdão iniciou o jogo tentando tomar a iniciativa, mas encontrando certa dificuldade em função do gramado ruim do Estádio do Café.

Aos 3 minutos Leandro roubou a bola na intermediária e arrancou, só sendo parado por Douglas dentro da área, com um agarrão. Pênalti assinalado e convertido por Alan Kardec: 1 a 0.

Atrás no marcador, o Figueirense passou a ficar mais tempo com posse de bola, mas a exemplo do Palmeiras, também não conseguia trocar muitos passes seguidos, pois o campo não permitia. A saída foi tentar pelo alto. Aos 10, após rebote de falta cobrada do meio-campo, Pablo tentou de primeira, mas Fernando Prass estava atento.

Mesmo empurrado pela torcida de Londrina, o Verdão não conseguia criar jogadas de perigo. Apenas aos 39 minutos surgiu uma oportunidade com Mendieta; o paraguaio desarmou um adversário, tocou para Alan Kardec e quando recebeu de volta finalizou mal, por cima.

Aos 40 minutos Wendel sentiu uma lesão muscular e Kleina teve de mandar a campo Ananias, improvisando Márcio Araújo na lateral-direita.

Durante o intervalo mais uma baixa: Leandro não suportou as dores no tornozelo esquerdo e foi substituído por Serginho. Em tese, a saída do camisa 38 seria ruim para o Palmeiras, já que ele vinha sendo o melhor do time, mas na prática isso não aconteceu.

Logo aos 2 minutos Ananias invadiu a área pela esquerda e foi derrubado por Douglas, que cometeu seu segundo pênalti na partida. Mendieta pediu para cobrar e não decepcionou: 2 a 0.

Ao contrário da etapa inicial, dessa vez o gol relâmpago não fez o time de Kleina deiminuir o ritmo. Aos 7 minutos o terceiro gol saiu, e com outra participação de Ananias; o atacante cruzou na cabeça de Kardec, que ainda viu a bola desviar em Henrique Miranda antes de entrar: 3 a 0.

Abalado, o Figueirense tentou responder aos 9 com Bruno Pires, mas a cabeçada do zagueiro parou em Fernando Prass. A equipe visitante só voltaria a investir ao ataque 22 minutos depois, quando Tinga (aquele!) finalizou fraco da entrada da área. Aos 34 Pablo perdeu a melhor chance após passe de Henrique Miranda.

Para não deixar o rival crescer, porém, o Verdão voltou a se impor e chegou ao quartro gol aos 38 minutos com Serginho, após belo passe de Juninho: 4 a 0. E aos gritos de olé, o time de Kleina passou a tocar a bola até o apito final.

Com a vitória o Palmeiras vai a 62 pontos, abre 9 para o segundo colocado, 17 para o quinto e se aproxima de garantir matematicamente o retorno à elite. Faltam 6 pontos.

Sexta-feira (dia 11, às 21h50 ) o Verdão recebe o Guaratinguetá em outro jogo marcado para o Estádio do Café, em Londrina.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.