Oeste 0 x 2 Palmeiras – 01/10/2013

78559 (1)
Leandro foi autor de um golaço! O primeiro da vitória palmeirense. Serginho fez o segundo no último minuto da partida. Foto: Celio Messias/Estadão

Jogando contra o adversário e também o péssimo gramado, superamos ambos e seguimos firmes rumo à série A.

Fomos melhores no primeiro tempo, enquanto o Oeste deu uma melhorada no segundo.

No apagar das luzes marcamos o segundo tento.

Jogo válido pela 26ª rodada da série B do Brasileirão 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Teixeirão, São José do Rio Preto (SP)
Data: 01/10/2013, terça-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Auxiliares: Ricardo Pavanelli Lanutto (SP e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)
Público: 19,5 mil pagantes
Renda: –
Cartões amarelos: Everton Dias, Piauí, Jheimy, Adriano Alves (Oes); Valdivia, Leandro, Charles e Henrique (Pal)
Cartões vermelhos: Fernando Leal (Oes) e Leandro (Pal)
Gols: Leandro, 16 minutos do primeiro tempo e Serginho, aos 47 do segundo

Oeste: Fernando Leal; Adriano Alves, Dezinho e Ligger; Eric, Everton Dias, Lelê, Pablo (Paes) e Piauí (Arnaldo); Bruno Batata e Jheiyme (Bruno Nunes)
Técnico: Ivan Baitello

Palmeiras: Fernando Prass; Wendel, Vilson, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles (Eguren), Wesley e Valdivia (Vinicius); Leandro e Alan Kardec (Serginho)
Técnico: Gilson Kleina

Verdão vence com gols de Leandro e Serginho
Jogando em São José do Rio Preto, Palmeiras supera gramado horroroso, faz 2 a 0 no Oeste e chega a 59 pontos.

O jogo começou com Oeste e Palmeiras tentando superar a mesma dificuldade: a péssima qualidade do gramado do estádio Teixeirão. Os dois times levaram cerca de dez minutos para se ambientarem com o piso, e apenas a partir de então as chances de gol começaram a surgir.

Aos 10 Alan Kardec ganhou uma dividida, invadiu a área mas finalizou fraco, nas mãos de Fernando Leal. Aos 11 Juninho enfiou para Valdivia; o camisa 10 demorou para chutar ou passar e foi bloqueado. Na cobrança de escanteio, Wesley colocou na cabeça de Kardec, que viu a bola tirar tinta da trave direita.

Melhor em campo, o Verdão chegou ao gol aos 16 minutos. E foi um golaço, embora para alguns, irregular. Leandro tabelou com Valdivia; o meia estava caído e a bola tocou em sua mão. Após se levantar, o camisa 10 deu lindo passe para o atacante, que fintou dois zagueiros antes de concluir e correr para o abraço: 1 a 0.

Atrás no marcador, o Oeste tentou responder rapidamente. Aos 17 Piauí cobrou falta de muito longe e Prass, para evitar riscos, mandou para escanteio. A reação, porém, parou nesse lance. Satisfeito com a vantagem parcial, o time do técnico Gilson Kleina diminuiu o ritmo, o que tornou a partida morna, melhorando apenas nos 10 minutos finais.

Aos 34 Wesley arriscou da entrada da área e a bola explodiu na trave. Aos 37 Lelê finalizou com perigo, à direita de Prass. Aos 45, no último lance de perigo da etapa inicial, Valdivia tentou colocado, de leve, e quase marcou um golaço.

No segundo tempo o Oeste voltou com uma postura mais ofensiva, criando logo de cara duas oportunidades para tentar o empate. Aos 39 segundos Bruno Batata finalizou por cima. Aos 2 minutos foi a vez de Adriano arriscar da entrada da área, para fora.

O Palmeiras não demorou para responder. Aos 4 Valdivia tocou para Wesley fintar seu marcador e bater forte, rasteiro, mas Fernando Leal estava atento. O jogo ficou aberto. Aos 11 minutos Everton Dias soltou a bomba, a bola desviou em Vilson e quase enganou Prass. Aos 19 Wesley cobrou falta e Valdivia escorou por cima.

Aos 21 minutos Valdivia fez ótima assistência para Wesley; o volante invadiu a área mas abusou dos dribles e acabou sendo desarmado. Aos 25 Leandro, em impedimento, concluiu para o gol, irritando o goleiro, que o agrediu, sendo merecidamente expulso, mas inexplicavelmente o árbitro também excluiu o atacante Palmeirense.

Os dois times sentiram a ausência de um homem e o ritmo da partida diminuiu. Aos 29 minutos Kleina trocou Valdivia por Vinícius. Aos 31 o atacante teve sua primeira chance para finalizar, mas errou o alvo. Aos 32 foi a vez de Eguren entrar no lugar de Charles, e seis minutos depois Serginho substituiu Alan Kardec.

Nos minutos finais o Verdão conseguiu ficar com a posse de bola no campo adversário e ainda conseguiu chegar ao segundo gol com Serginho, nos acréscimos, após passe de Wesley: 2 a 0. Com o resultado o Palmeiras vai a 59 pontos e volta a ter 17 de frente para o quinto colocado.

Sábado (dia 05/10) o Verdão vai até Natal para enfrentar o ABC. O jogo será às 16h20.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.