Guaratinguetá 1 x 1 Palmeiras – 27/07/2013

vinicius_murilo_ae_miguelschincariol
Vinícius, do Palmeiras, disputa a bola com Murilo, do Guará (Foto: Miguel Schincariol / Ag. Estado)

O Palmeiras entrou em campo, neste sábado, no estádio Dario Leite Rodrigues, em Guaratinguetá, para homenagear Djalma Santos, morto na última terça-feira, e manter a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Mas só cumpriu bem o papel de reverenciar a memória do ídolo.

Jogamos mal e cedemos o empate mesmo jogando com um jogador a mais boa parte da partida. O empate nos tira da liderança da competição.

Jogo válido pela 10ª rodada da série B do Brasileirão 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Dario Leite, Guaratinguetá (SP)
Data: 27/07/2013 (sábado)
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Cartões amarelos: Murilo, Ruan, Julio César e Giovanni (Guaratinguetá); Charles, Valdivia, André Luiz, Luis Felipe e Ronny (Palmeiras)
Cartões vermelhos: Ruan (Guaratinguetá); Ronny (Palmeiras)
Gols: Guará: Douglas Tanque, aos 3 minutos do segundo tempo
Palmeiras: Leandro, aos 19 minutos do primeiro tempo

Guaratinguetá: Saulo; Murilo, Pedro Paulo, Marquinhos e Ruan; Julio César, Juninho (Rodrigo), Bruno Formigoni, Renato Peixe (Allan Dias) e Moacir (Giovanni); Douglas Tanque
Técnico: Carlos Octávio

Palmeiras: Fernando Prass; Luis Felipe, Henrique, André Luiz e Juninho; Márcio Araújo (Mendieta), Charles (Alan Kardec), Wesley e Valdivia; Leandro e Vinicius (Ronny)
Técnico: Gilson Kleina

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 27/07/2013 – 18:38h.
Verdão traz um ponto de Guaratinguetá
Palmeiras não joga bem, apenas empata com o Guará em 1 a 1 e deixa a liderança da Série-B.

O jogo começou truncado em Guaratinguetá, com o Palmeiras e os donos da casa encontrando dificuldades em criar jogadas ofensivas, muito disso em função do péssimo estado do gramado.

Apenas aos 11 minutos o Verdão conseguiu criar algo, e foi com seus dois volantes. Charles tabelou com Márcio Araújo e soltou a bomba da entrada da área, por cima. Aos 19, na segunda investida, o gol saiu. Vinícius cobrou escanteio, Valdivia desviou e Leandro completou no segundo pau: 1 a 0.

A frente no placar, o time do técnico Gilson Kleina passou a ter ainda mais posse de bola, mas seguiu com dificuldades para criar lances de perigo. Aos 28 minutos um vacilo quase foi fatal; após cobrança de escanteio, a zaga alviverde apenas observou Marquinhos subir e escorar à direita de Fernando Prass.

Os mandantes só criavam algo nas falhas do Verdão. Aos 36 Márcio Araújo errou um passe no meio-campo e proporcionou um perigoso contra-ataque, mas ele mesmo se redimiu desarmando o atacante rival, que se preparava para finalizar.

Nos minutos finais do primeiro tempo a partida ficou tensa, com o Guaratinguetá abusando da violência e sendo ajudado pelo árbitro, que não assinalou pênalti de Ruan em Valdivia; o chileno ainda recebeu cartão amarelo. No último lance, aos 46, Luis Felipe cobrou falta e assustou o goleiro.

Na etapa final o jogo mudou, pois os mandantes voltaram com outra postura, em busca do gol de empate, que não demorou a sair. Aos 3 minutos Douglas Tanque recebeu dentro da área e teve tempo para dominar e escolher o canto: 1 a 1.

O gol animou o Guaratinguetá e abalou momentaneamente o Palmeiras. Aos 11 minutos Douglas aproveitou erro de passe de Leandro, avançou e finalizou para boa defesa de Prass. O lance foi a senha para Kleina trocar Charles por Alan Kardec, mas o camisa 14, diferentemente de última rodada, não entrou bem.

O Guaratinguetá seguia assustando. Aos 13 minutos Douglas escorou para Renato soltar a bomba, por cima. O Verdão respondeu aos 15 com Wesley, mas o chute do volante parou nas mãos de Saulo. Aos 18 minutos outra mudança no Palmeiras; Ronny substituiu Vinícius e precisou de pouco tempo para mostrar serviço. Aos 19 ele sofreu falta de Ruan e o adversário foi expulso, pois já tinha um cartão amarelo.

Com um jogador a mais, enfim o Verdão esboçou uma pressão. Aos 21 minutos Valdivia achou Luis Felipe e o lateral fuzilou Saulo, que espalmou, mas nenhum Palmeirense conferiu o rebote. Aos 30 minutos, num contra-ataque, os mandantes assustaram a meta de Prass numa bomba de Alan, que resvalou na trave antes de sair.

Aos 30 minutos surgiu a principal chance para o segundo gol; Ronny deixou Alan Kardec na cara do goleiro, mas o atacante demorou e foi desarmado. Pouco depois ele perderia outra boa chance após cruzamento da direita. Insatisfeito com o empate, Kleina ainda promoveu a troca de Márcio Araújo por Mendieta, mas o paraguaio também não estava numa boa jornada.

Nos últimos minutos do jogo, talvez por cansaço, o Palmeiras não conseguiu pressionar o Guaratinguetá e ainda conseguiu perder Ronny, expulso após chutar o goleiro. Assim a equipe do interior interrompeu a série de vitórias alviverdes na Série-B. Com o empate, o time de Kleina vai a 22 pontos e deixa a liderança da Série-B.

Terça-feira (30/07) o Verdão recebe o Icasa, no Pacaembu. O jogo será às 21h50.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.