Palmeiras 4 x 0 Oeste – 06/07/2013

leandro_ae_celiomessias
Leandro comemora um de seus dois gols pelo Palmeiras (Foto: Célio Messias / Ag. Estado)

Depois de mais de 20 dias parados em função da Copa das Confederações, voltamos muito bem e atropelamos o Oeste. Com Valdívia em campo e com vontade fica até fácil.

A vitória nos mantém em 2º na competição junto com o Joinville, 4 atrás do líder Chapecoense.

Jogo válido pela 7ª rodada da série B do Brasileirão 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Prudentão, Presidente Prudente (SP)
Data: 06/07/2013, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Antonio Rogerio Batista do Prado (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)
Cartões amarelos: Mendieta (Palmeiras); Piauí e Everton Dias (Oeste)
Gols: Leandro, aos 6 e aos 38 minutos do primeiro tempo; Charles, aos 21 e aos 37 minutos do segundo tempo

Palmeiras: Fernando Prass; Luis Felipe; Henrique, André Luiz e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Valdivia (Mendieta); Leandro (Serginho) e Vinicius (Caio)
Técnico: Juninho (Kleina estava suspenso)

Oeste: Fernando Leal; Dezinho (Eli), Ligger e Adriano; Dedê, Everton Dias, Fernandes, Wanderson (Lelê) e Piauí; Fábio Santos e Bruno Sabino (Memo)
Técnico: Roberto Cavalo

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 06/07/2013 – 18:15h.
Verdão joga bem e atropela o Oeste

Mesmo diante de um adversário recuado e debaixo de um forte calor, o Palmeiras iniciou o jogo em busca do gol, que não demorou a sair. Aos 6 minutos Valdivia enfiou para Luis Felipe cruzar para Charles; o volante não conseguiu finalizar mas a bola sobrou para Leandro: 1 a 0.

Aos 10 Wesley fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Valdivia, mas Ligger se antecipou. Apesar do domínio da partida, o Verdão vacilava ao ceder muitos escanteios ao Oeste. Aos 13, após a cobrança de um deles, Fernando Prass saiu mal do gol mas André Luiz afastou o perigo.

Quando não cedia escanteios, o Palmeiras cometia faltas bobas perto da área (algumas delas inventadas pela arbitragem). Aos 24 Piauí levantou e Charles chegou antes do atacante. As bolas aéreas seguiam assustando. No minuto seguinte Fernandes cruzou para Fábio Santos, sozinho, escorar por cima. Aos 30 Wanderson recebeu nas costas de André Luiz e de primeira finalizou à esquerda de Prass.

Após a sequência de sustos, o Palmeiras reagiu aos 34 minutos, mas Charles finalizou fraco, nas mãos de Fernando Leal. O lance não fez o time do técnico Kleina acordar. Aos 35, após nova cobrança de falta, Dezinho subiu mais que toda zaga alviverde mas cabeceou por cima. O empate do Oeste parecia próximo. Aos 37 nova oportunidade: Fernandes recebeu na entrada da área, avançou e de canhota acertou a trave.

A torcida presente ao Prudentão começava a se preocupar, mas aos 38 minutos o Verdão resolveu voltar a jogar bola. Valdivia enfiou para Vinícius, que cruzou para Leandro: 2 a 0. O gol quebrou o ritmo dos visitantes, que fatalmente sofreriam o terceiro aos 42, quando Charles recebeu de Valdivia e invadiria a área sem marcação, mas foi derrubado por Everton Dias. O árbitro assinalou falta e não expulsou o zagueiro. Na cobrança de Valdivia, a barreira se adiantou e um defensor ainda colocou a mão na bola; penalidade ignorada pelo juiz.

Aos 47 minutos o Palmeiras voltou a assustar a meta de Fernando Leal com Vinícius, mas o goleiro estava atento e espalmou. Logo em seguida o árbitro encerrou a movimentada etapa inicial em Presidente Prudente.

No segundo tempo, sem mudanças, o Verdão mais atento e em busca do terceiro gol, o que definiria logo a partida. Aos 6 minutos Luis Felipe avançou pela direita e de canhota soltou a bomba, por cima. Aos 12 nova investida do lateral, que cruzou para Wesley, mas Dede o bloqueou; a bola sobrou para Valdivia finalizar e parar em Fernando Leal.

Aos 15 minutos o Oeste respondeu num chute forte de Eli que Prass espalmou, mas ficou só no susto mesmo, pois o Palmeiras seguiu superior. Aos 18, após rebote em cobrança de escanteio, Charles dominou e fuzilou; o goleiro defendeu e a bola saiu tirando tinta da trave.

O terceiro gol estava maduro e acabou amadurecendo aos 21 minutos. E foi um golaço. Vinícius avançou pela esquerda, esperou Valdivia e tocou; o chileno enfiou para Leandro que tocou para Charles, já sem goleiro, fazer a festa dos 7 mil Palmeirenses presentes ao estádio: 3 a 0.

Com a vitória assegurada e a goleada estabelecida, o Oeste se entregou. Sobrando em campo, o Verdão passou a trocar passes, colocando o rival na roda. Aos 28 minutos Kleina promoveu a estreia de Mendieta, que entrou no lugar de Valdivia; o camisa 10 saiu de campo muito aplaudido pela torcida.

Ainda restava pouco mais de 15 minutos de jogo, e o Verdão teve tempo para chegar ao quarto gol, novamente com Charles. E foi outro golaço; o volante arrematou de primeira, da entrada da área: 4 a 0.

A festa poderia ter sido maior aos 41, quando Mendieta recebeu cruzamento de Juninho e escorou de cabeça, mas Fernando Leal evitou o quinto. Pouco depois o árbitro encerrou o jogo. Com a vitória o Palmeiras vai a 15 pontos e se mantém entre os líderes da Série-B.

Sexta-feira (dia 12), na volta ao Pacaembu, o Verdão recebe o ABC, lanterna da competição. A partida será às 21h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.