América/RN 0 x 2 Palmeiras – 11/06/2013

http://www.paixaopalmeirense.com.br

A formação inédita, principalmente do setor defensivo, deixou o torcedor com a pulga atrás da orelha no começo da partida. Para surpresa, criamos inúmeras chances e superamos o desentrosamento, o adversário e as adversidades, já que alguns jogadores relataram que não se sentiram bem durante a partida.

A vitória por 2 a 0 sobre o América nos deixa na terceira colocação com 12 pontos.

Agora é aproveitar os mais de 20 dias de folga da Copa das Confederações e corrigir o que precisa ser corrigido.

Jogo válido pela 6ª rodada da série B do Brasileirão 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Barretão, Ceará-Mirim (RN)
Data: 11/06/2013, terça-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Marcos da Silva Brigido (CE) e Otávio Correia de Araújo Neto (AL)
Cartões amarelos: Márcio Passos e Cascata (América). Tiago Real, Maurício Ramos, Ayrton (Palmeiras)
Gols: Vinícius, aos 27 minutos do primeiro tempo e Fernandinho, aos 46 minutos do segundo

América-RN: Andrey; Norberto, Zé Antônio, Edvânio e Renatinho Potiguar; Daniel Resende (Alex), Márcio Passos, Fabinho (Jerson) e Cascata; Vinícius Pacheco (Ebinho) e Júnior Negrão
Técnico: Roberto Fernandes

Palmeiras: Bruno; Ayrton, André Luiz, Maurício Ramos e Juninho; Henrique, Wesley e Tiago Real (Fernandinho); Serginho (Ananias), Caio e Vinícius (Marcelo Oliveira)
Técnico: Gilson Kleina

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 11/06/2013 – 23:44h.
Verdão vence e garante paz nas férias

O Palmeiras foi a campo com André Luiz formando dupla de zaga com Maurício Ramos, Henrique de volante e Serginho de titular. Com essa formação inédita, era de se esperar um time desentrosado, e foi exatamente isso o que aconteceu, embora algumas chances tenham sido criadas, mas mais por falta de qualidade do América-RN.

Aos 9 minutos Ayrton avançou pela direita e como não encontrou ninguém para tocar, arriscou; a bola desviou em Edvânio e saiu em escanteio. Aos 10 o lateral fez outra boa jogada individual e cruzou, mas Caio finalizou muito mal. O Verdão só chegava com Ayrton. Aos 18 o camisa 2 cobrou falta da intermediária, à direita do goleiro.

Os mandantes foram dar sinal de vida apenas aos 20 minutos, e graças a uma saída de gol errada de Bruno; Renatinho cobrou escanteio, o goleiro furou mas André Luiz afastou. Só a partir desse lance o Palmeiras passou a usar o meio-campo para articular jogadas.

Aos 22 minutos Tiago Real enfiou para Vinícius, que tentou tirar de Andrei mas levou a pior. Aos 27 nova assistência do camisa 23 para o atacante, que dessa vez preferiu driblar o goleiro antes de finalizar, sendo mais feliz e fazendo a felicidade da torcida presente ao precário estádio em Ceará-Mirim: 1 a 0.

O gol deu tranquilidade ao time do técnico Gilson Kleina, que apesar da péssima condição do gramado, passou a tocar a bola com mais facilidade. Aos 32 minutos Vinícius recebeu na entrada da área e soltou a bomba, por cima. Aos 36 foi a vez de Wesley experimentar de longe; a bola desviou e saiu.

O América-RN só conseguiu reagir aos 38 minutos num chute de Cascata que passou perto do travessão de Bruno, mas foi só um susto. Aos 41, após sequência de escanteios cobrada por Juninho, Vinícius pegou rebote e quase ampliou, mas errou o alvo.

Na etapa final, para não correr riscos, o Palmeiras voltou em busca do segundo gol, e teve uma chance logo aos 25 segundos com Vinícius, mas o atacante finalizou mal após driblar bonito seu marcador. Aos 2 minutos Ayrton cobrou falta e Serginho pegou o rebote já dentro da área, exigindo de Andrei uma boa defesa.

O gol relâmpago acabou não saindo, mas o Verdão seguiu tentando. Aos 15 minutos Serginho bateu colocado mas novamente parou no goleiro. No escanteio cobrado por Ayrton, Caio subiu sozinho e desviou para fora.

Acuado, o América-RN encontrava muitas dificuldades para chegar ao ataque, mas aos poucos foi conseguindo porque o Palmeiras cansou. Aos 16 minutos Alex arriscou da entrada da área, a bola resvalou em André Luiz mas Bruno estava atento. Aos 20 Cascata soltou a bomba de fora da área, por cima.

Os dois lances fizeram o Verdão acordar. Aos 25 minutos Caio foi à linha de fundo e rolou para Juninho cruzar para Henrique cabecear encobrindo o goleiro; a bola do camisa 3 quicou na linha do gol e voltou (tem coisas que…).

Como o time de Kleina não conseguia matar o jogo, o América seguiu vivo, mesmo que levando perigo em esporádicos contra-ataques. Aos 27 minutos Cascata finalizou da entrada da área para ótima defesa de Bruno.

Nos 15 minutos finais o América-RN se lançou desesperadamente em busca do empate, e cedeu espaços para o Verdão enfim definir a partida aos 46 minutos com Fernandinho, após rebote de um chute de Ananais que acertou a trave: 2 a 0 e fim de papo no Barretão.

Com a vitória o Palmeiras vai a 12 pontos e se garante no G4 da Série-B, que será interrompida para a disputa da Copa das Confederações.

Agora o Verdão para por 24 dias e só volta a campo no dia 06/07 para enfrentar o Oeste. O mando é alviverde, mas o local ainda não está definido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.