Palmeiras 4 x 1 Guarani – 14/04/2013

Léo Gago comemora o gol que abriu o placar na partida entre Palmeiras e Guarani. Foto: José Patricio/Estadão

Mudam as peças, mas o espírito é o mesmo. Com muita luta e uma partida sem muitos sustos, o mistão em campo comprovou a boa fase depois do momento turbulento que passamos.

Foi a quinta vitória seguida o que eleva o moral para o jogo decisivo que teremos pela Libertadores contra o Sporting Cristal.

Jogo válido pela 18ª rodada do Paulistão 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 14/04/2013, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Público: 6.937 pagantes
Renda: R$ 185.115, 00
Árbitro: Robério Pereira Pires
Assistentes: Fausto Augusto Moretti e Risser Côrrea
Cartões amarelos: João Denoni, Ayrton, Vilson e Charles (Palmeiras); Wellington Monteiro, Marquinhos e Montoya (Guarani)
Gols: Palmeiras: Léo Gago, aos 11, e Vilson, aos 29 minutos do primeiro tempo; Charles, aos 42, e Ronny, aos 46 minutos do segundo tempo
Guarani: Everton, aos 27 minutos do segundo tempo

Palmeiras: Fernando Prass; Ayrton (Welder), Vilson, André Luiz e Marcelo Oliveira; João Denoni (Rondinelly), Léo Gago, Souza (Charles), Tiago Real e Ronny; Vinicius
Técnico: Gilson Kleina

Guarani: Renan; Oziel, Anderson, Montoya e Marquinhos; Wellyson, Wellington Monteiro (Cadu), Felipe Merlo e Everton; Ronaldo Mendes (Fernando Gaúcho) e Erik
Técnico: Paulo Pereira

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 14/04/2013 – 17:46h.
Verdão goleia e fica perto do G-4

Mesmo recheado de reservas, o Palmeiras iniciou o jogo partindo para cima do Guarani, lanterna do Paulistão e já rebaixado. Logo aos 4 minutos Souza cobrou falta nas mãos de Renan. Aos 7 Vinícius fez boa jogada pela esquerda e cruzou, mas Ronny não alcançou.

No lance seguinte Vinícius repetiu a investida pelo lado do campo e finalizou para bela defesa do goleiro. Aos 11 o gol saiu. Após rápida troca de passes, Tiago Real deixou Léo Gago em condições de soltar a bomba de canhota e correr para o abraço: 1 a 0.

Muito fraco, o Guarani não produzia absolutamente nada. Na única vez que chegou ao ataque, aos 16 minutos, Ronaldo Mendes isolou. Melhor para o Palmeiras, que seguiu ditando o ritmo da partida.

Aos 29 minutos saiu o segundo gol, novamente pela esquerda. Souza cruzou na cabeça de Vilson: 2 a 0. O terceiro não saiu por pouco. Aos 36 Souza voltou a cruzar sob-medida para Vilson, mas desta vez o zagueiro errou a conclusão. Assim foi o tranquilo primeiro tempo no Pacaembu.

Na etapa final o panorama da partida não mudou, ou seja, o Verdão seguiu melhor e mais perto de aumentar a fatura. Aos 5 minutos Tiago Real invadiu a área e chutou, mas foi bloqueado. Na sobra Vinícius finalizou em cima do goleiro.

Aos 9 minutos Léo Gago lançou Real, que achou Ronny dentro da área mas o meia errou a finalização. No minuto seguinte Vinícius cruzou e Montoya por pouco não fez gol contra. Só dava Palmeiras. Aos 14 Léo Gago experimentou de longe e fez Renan praticar ótima defesa.

Com o jogo dominado, o técnico Gilson Kleina resolveu dar uma chance a Rondinelly, sacando João Denoni. Logo depois Ayrton sofreu uma pancada e foi substituído por Welder.

Sem o poder de marcação de Denoni, o Palmeiras viu o Guarani crescer. Aos 27 minutos Everton tabelou com Eric e surgiu livre na cara de Prass, que nada pôde fazer: 2 a 1. O gol animou a equipe de Campinas. Aos 31 Marquinhos chutou com efeito, à esquerda. Aos 33 Eric pegou rebote dentro da área mas chutou torto.

Para consertar o time, aos 34 minutos Kleina sacou Souza e promoveu a entrada de Charles. Após segurar uma pequena pressão dos visitantes, o terceiro gol saiu com… Charles. Rondinelly rolou e o volante soltou a bomba no canto direito do goleiro: 3 a 1.

Novamente com dois gols de vantagem, o Verdão voltou a tocar a bola com tranquilidade. Ainda deu tempo da vitória virar goleada aos 46 minutos após outro chute forte, desta vez de Ronny: 4 a 1.

Com o resultado positivo – o quinto seguido, o Palmeiras vai a 34 pontos e se aproxima da meta de terminar a fase classificatória do Paulistão no G-4.

Quinta-feira (18), em Lima, o Verdão enfrenta o Sporting Cristal para confirmar a liderança do Grupo 2 da Libertadores. O jogo, que pode marcar o retorno de Valdivia, será às 19h45, horário de Brasília.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.