Libertad (PAR) 2 x 0 Palmeiras – 28/02/2013

weldinho_palmeiras_afp.jpg_95
Weldinho, em ação pelo Palmeiras contra o Libertad (Foto: AFP)

Sem muita inspiração e esbanjando nervosismo fomos batidos no primeiro confronto fora de casa.

Mesmo depois de uma sequência de 7 jogos sem perder, a derrota deixa o torcedor novamente preocupado.

A derrota nos deixa na terceira colocação do grupo atrás do Sporting Cristal nos critérios de desempate.

Vamos em frente, buscar uma vitória na Argentina contra o Tigre na próxima semana.

Jogo de ida válido pela 2ª rodada da fase de grupos da Libertadores 2013.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Nicolás Leoz, Assunção (Paraguai)
Data: 28/02/2013, quinta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Juan Soto (Venezuela)
Assistentes: Jorge Urrego e Carlos Lopez (ambos da Venezuela)
Cartões amarelos: Mauricio Ramos, Valdivia, Henrique e Weldinho (Palmeiras)
Gols: Velázquez, aos 10 minutos do primeiro tempo; Pedro Benítez, aos 9 minutos do segundo.

Libertad: Rodrigo Muñoz; Jorge Moreira, Benegas, Pedro Benítez e Mencia; Mendieta (Vargas), Sergio Aquino, Guiñazú e Samudio (González); José Ariel Núñez (Guevgeozian) e Velázquez
Técnico: Rubén Israel

Palmeiras: Fernando Prass; Weldinho, Henrique, Mauricio Ramos (Valdivia) e Marcelo Oliveira; Vilson e Márcio Araújo; Souza (Maikon Leite), Wesley, Patrick Vieira (Kleber) e Vinicius
Técnico: Gilson Kleina

Por Eduardo Luiz, da Redação PTD – 28/02/2013 – 21:3h.
Palmeiras é derrotado pelo Libertad

Mesmo repetindo a formação dos últimos três jogos, o Palmeiras iniciou o jogo sendo completamente dominado pelo Libertad. Aos 5 minutos Henrique trombou com Fernando Prass e a bola quase sobrou para Nuñez. Aos 10 o mesmo Nuñez voltou a aparecer bem e cruzou sob medida para Velasquez, de cabeça, abrir o placar: 1 a 0.

Só dava Libertad. Aos 12 Mendieta tabelou com Nuñez e finalizou com perigo, por cima. O Verdão só foi reagir aos 13 numa tentativa de cruzamento de Wesley para Patrick Vieira que não desviou em ninguém, mas o árbitro assinalou escanteio. Após um período de calmaria, a partida voltou a esquentar aos 27 minutos, quando Souza cobrou direto uma falta de longa distância, mas o goleiro estava atento.

Aos 32 minutos uma boa oportunidade para o Palmeiras: Vinícius passou por seu marcador e bateu nas pernas do goleiro; na sobra o atacante cruzou para Patrick concluir fraco, e de novo o goleiro defendeu sem querer. Aos 36 Welder arriscou da entrada da área, e a bola passou por todo mundo.

Nos minutos finais do primeiro tempo o time do técnico Gilson Kleina pressionou em busca do gol de empate, que não saiu por pouco. Aos 41 Márcio Araújo ajeitou para Vilson bater à esquerda de Muñoz. Aos 45 Souza lançou para Wesley finalizar; o goleiro desviou e viu a bola acertar a trave. Logo em seguida o juiz encerrou a etapa inicial.

Com Valdivia e Kléber nos lugares de Maurício Ramos e Patrick Vieira, o Palmeiras voltou para o segundo tempo disposto a atacar o Libertad, mas a tática não deu certo e quem chegou ao gol foi a equipe paraguaia. Aos 9 minutos Samudio cruzou para Benitez cabecear sozinho: 2 a 0 (Henrique estava recebendo atendimento médico fora do gramado).

Com dois gols de desvantagem, Kleina não demorou a promover a terceira e última alteração: Souza por Maikon Leite. Embora extremamente ofensivo, o time não conseguia passar pelo sistema defensivo do Libertad, que passou a explorar os contra-ataques.

Aos 28 minutos Valdivia perdeu a bola no meio-campo e proporcionou um contra-ataque ao Libertad que só não foi fatal graças à ma pontaria de Vargas, que mesmo cara a cara com Prass, isolou. Aos 30 Samudio surgiu livre na cara do goleiro Palmeirense, que fez milagre.

Nos 15 minutos finais, com Henrique de centroavante e Marcelo Oliveira de zagueiro, o Palmeiras fez de tudo para ao menos diminuir o prejuízo, mas não conseguiu. Satisfeito com o resultado, o Libertad apenas esperou o apito final do juiz.

Com o resultado o time de Kleina cai para a terceira colocação do Grupo 2 com 3 pontos, mesma pontuação do Sporting Cristal, que possui melhor saldo de gols. O Libertad soma 6 e o Tigre ainda não pontuou.

O Verdão jogaria no final de semana pelo Paulistão mas o confronto diante do Paulista foi transferido para 14/03, por isso o time só voltará a campo na quarta-feira (06/03) novamente pela Libertadores, desta vez contra o Tigre. O jogo será na Argentina, às 19h45 (horário de Brasília).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.