Palmeiras 1 x 1 Oeste – 23/02/2012

adriano_maikonleite_ae_cesargreco
Adriano, do Oeste, e Maikon Leite, do Palmeiras (Foto: Cesar Greco / Ag. Estado)

Depois de 5 vitórias seguidas empatamos em casa contra a equipe de Oeste num jogo onde tivemos uma atuação bastante ruim e fomos dominados pelo adversário em boa parte da partida.

O resultado preocupa pelo fato de ser às vésperas do clássico Choque-Rei.

O empate nos deixa na 3ª posição do campeonato liderado pelo Corinthians.

Jogo válido pela 9ª rodada do Paulistão 2012.

Gols, melhores momentos.

FICHA TÉCNICA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 23/02/2012, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Prieto Alfieri
Assistentes: David Botelho Barboza e Bruno Salgado Rizo
Assistentes adicionais: Marcelo Rogério e Adriano Assis Miranda
Cartões amarelos: Dionísio, Paulo Vitor e Wanderson (Oeste); Román e Marcos Assunção (Palmeiras)
Públio e renda: 9.478 pagantes / R$287.640,00
Gols: Palmeiras: Maikon Leite, aos 42 minutos do primeiro tempo
Oeste: Mazinho, aos dez minutos do primeiro tempo

Palmeiras: Bruno; Cicinho (Artur), Leandro Amaro, Román e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Daniel Carvalho (Vinícius) e Patrik (João Vitor); Maikon Leite e Barcos
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Oeste: Zé Carlos; Fabrício (Wanderson), Éder Lima e Adriano; Paulo Vitor, Dionísio, Serginho, Mazinho (Leandro Melo), Roger (Assizinho) e Fernandinho; Marcinho Beija-Flor
Técnico: Roberto Cavalo

Empate com sabor de… Preocupação
O jogo começou truncado no Pacaembu, com o Palmeiras não conseguindo fugir da boa marcação exercida pelo Oeste, que não se limitiva apenas ao campo defensivo, pois foi marcando lá na frente que os visitantes “ganharam” um pênalti logo aos 10 minutos. Márcio Araújo errou um domínio de bola e derrubou Mazinho dentro da área; o próprio Mazinho cobrou e fez: 1 a 0.

O Verdão poderia ter empatado rapidamente, mas o chute de Barcos, desferido de fora da área e de canhota, foi espalmado com a ponta dos dedos por Zé Carlos. O lance parecia que incendiaria o time de Felipão, mas foi uma falsa impressão. O Oeste voltou a marcar bem e ainda levava perigo com Róger, que era muito mal marcado pelos zagueiros alviverdes.

O panorama da partida só foi começar a mudar após os 30 minutos, quando o Palmeiras encaixou a marcação pela esquerda, a explorar a velocidade de Maikon Leite e a presença de Barcos. Aos 34 Assunção cobrou escanteio e o argentino desviou por cima. Aos 40 Assunção experimentou de primeira, à esquerda do goleiro.

O gol do Verdão estava amadurecendo e só foi ficar maduro aos 41; Barcos finalizou da entrada da área, o goleiro deu rebote e Maikon Leite foi mais esperto que seus marcadores: 1 a 1. Nos minutos finais o Palmeiras esboçou uma pressão, mas os visitantes conseguiram se segurar.

No começo da etapa inicial o Verdão voltou a iludir os torcedores presentes ao Pacaembu, pois a pressão em busca da virada não durou sequer 5 minutos. Antes, porém, Barcos levou perigo após cobrança de escanteio executada por Assunção; Leandro Amaro furou, a bola bateu no camisa 29 e saiu.

De forma inexplicável, o time do técnico Luiz Felipe Scolari passou a assistir passivamente o Oste trocar passes. A equipe de Itápolis não era incomodada por ninguém, e com isso chegou a assustar a meta de Bruno. Aos 8 minutos Anderson cruzou e Adriano finalizou de primeira, à direita do camisa 1.

Errando muitos passes, o Palmeiras não ameaçava o Oeste, que em determinado momento também mostrou-se satisfeito com o empate. A situação só foi mudar nos 10 minutos finais, quando epurrado pela torcida, o Verdão tentou uma reação. Aos 35 Assunção cruzou para Román cabecear e exigir de Zé Carlos uma boa defesa. Aos 38 o camisa 20 cobrou falta de longe, a bola não desviou em ninguém e quase enganou o goleiro.

Para desespero da torcida, porém, o Oeste também passou a levar perigo nas suas investidas. Aos 39 minutos Serginho quase marcou um golaço num chute de longa distância; aos 41 foi a vez de Vanderson assustar, mas Bruno apareceu bem e evitou o gol que representaria a primeira derrota no ano. Com o empate o Palmeiras vai a 21 pontos mas perde a liderança

O Verdão volta a campo no domingo (26/02) para enfrentar o São Paulo, em clássico marcado para Presidente Prudente, às 16h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.